domingo, 23 de março de 2014

O que seria do vermelho se todos gostassem do azul?

O bichinho de estimação da minha amiga Cíntia é uma gatinha chamada Milk...



E o da minha amiga Lu é um gambazinho chamado Coffee...
 

13 comentários:

  1. Imagino o que poderia resultar num cruzamento entre coffee & milk...

    ResponderExcluir
  2. Não exatamente de estimação, mas aqui em casa, no portão da casa, mora um sapo e o nome dele é Willian. Quando ele some a gente acaba querendo saber por onde ele anda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daqui a pouco ele vai chamar o resto da família...

      Excluir
  3. O arco-íris deslumbrante, com sua evidência solar... comprova a beleza e a harmonia que as cores podem e devem ter -esteticamente - juntas... na base do amai-vos ou respeitai-vos uns aos outros. É prova de ignorância não perceber ou não concordar que a vida constitui-se, exclusivamente, de diferenças e diversidades irrepetíveis. Nada nem ninguém é igual.O problema é quando não se sabe separar o joio do trigo, dando margem a misturas promíscuas ou bizarras.Nem toda mistura é aconselhável.Há, inclusive, misturas explosivas. É de se lamentar que uns prefiram a remela aos olhos...masssssssssssss, que , pelo menos, estes "porcos" sejam felizes nas suas lamas rs.
    Santé e axé!
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cruzes! Marcos Lúcido, que Jesus amado nos mantenha a salvo das lamas alheias... amém!

      Excluir
    2. Entre a lucidez (Marcos Lúcido?! rs) e o desatino... e "nem sempre ganhando, nem sempre perdendo, mas aprendendo a jogar", considero que podemos ser como a flor de lótus.É difícil de acreditar, mas essa linda flor nasce na lama.

      Esqueci de anotar o nome do autor do texto, mas comentando as idéias dele, lembro que é uma planta nativa da Ásia que produz flores grandes, muito lindas, sendo as mais famosas brancas ou rosadas. O que eu gostaria de ressaltar é o lugar onde ela nasce, ou seja, no lodo, na lama! É isso mesmo!!! Como pode uma flor tão bela nascer em lugares fétidos e feios?

      Ato contínuo, não precisamos nos preocupar com as lamas alheias...dos "porcos" insensatos rs.

      Isso me faz refletir - SEMPRE!- sobre a ETERNA DIFERENÇA! Quem tem o espírito (aqui está o x da questão, não basta querer, tem de ter o espírito, assim o Lúcido avalia rs ) de ser e fazer a diferença, não fica limitado a nada. Pode ser que não tenha um bom estudo, uma boa formação, cultura, não nasceu em uma família próspera, pelo contrário, sempre enfrentou muitas dificuldades na vida. Nada disso impede uma pessoa determinada de fazer a diferença , a exemplo dessa flor (a preferida do Lúcido rs), que enfrenta as piores condições e prevalece. O lugar não a impede de ser o que é.

      É isso aí! A diferença começa dentro de cada um , e se exterioriza em todas as áreas da vida. Se você é diferente no seu interior, verá a diferença em tudo que fizer. Tem de acontecer a diferença, haja o que houver, uma vez que somos - tudo e todos - diferentes, inclusive entre os gatos e gambás... e cada qual com seu "cadaqual".
      Santé e axé!
      Marcos Lúcio

      Excluir
  4. Fernanda,

    O gatinho e uma gracinha, sera mais bonito quando se tornar adulto ..... quanto ao gamba, nao conhecia o Coffee .... parece mais um rato grande ..... so conhecia aquele que aparece nos desenhos animados todo preto com lista grossas brancas nas costas e com o rabo todo preto e branco ...... mas tanto um como o outro (caso dos gambas) nao sao animais para se ter em casa ....(no meu ponto de vista) eles sao selvagens e alem do mais quando se sentem coagidos soltam um pefume horroroso......

    Felicidades,

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilda, aquele gambá do desenho é Pepe le Pew, figura aliás de quem sou fã. Um gambazinho doce e apaixonado que persegue uma gatinha preta sobre a qual caiu uma lata de tinta branca, desenhando-lhe uma listra nas costas... e a quem ele confunde com uma fêmea de sua espécie... kkkkkk! Pobrezinha... eu não gostaria de ter um gambá na minha varanda, mas o Coffee é uma gracinha, pelo menos enquanto ainda é um bebê. Na adolescência vai ficar difícil, na maturidade... Deus me livre! Mas, como diz o título do post... "o que seria do vermelho se todos gostassem do azul?". Ainda bem que existem pessoas como a minha amiga Lu...

      Excluir
  5. Fernanda, e ele mesmo Pepe le Pew ...... que por sinal e muito charmoso.

    ResponderExcluir

  6. "A natureza nunca se repete. Não existem dois pingos de chuva iguais ou dois flocos de neve iguais. Nossas impressões digitais são todas diferentes, nos somos todos diferentes. Fomos feito pra sermos diferentes. Quando conseguimos aceitar isso, não existe mais nem competição nem comparação. Tentar ser como outra pessoa só serve para atrofiar nossa alma. Viemos nesse planeta pra expressar quem somos. "

    (Louise L. Hay)

    ResponderExcluir
  7. Fê, gambás e gatos são animais adoráveis, só convivendo p/ saber...convivo com ambos. Cada um com a sua singularidade...Adorei ver "Coffee" no seu blog! Bjssss Lu

    ResponderExcluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!