segunda-feira, 30 de abril de 2012

Arrivederci, Itàlia!!!



Siena foi a ultima parada da viagem antes da volta a Roma. A cidade foi tambèm uma grata surpresa, porque depois de Veneza e Florença eu nào esperava tanto encantamento...

Romàntica, cheia de mistèrios e sombras medievais, lojas bacanas e um astral altissimo, Siena se revelou um passeio inesquecivel: a Piazza del Palio, no centro, imensa meia-lua rodeada de prèdios...

video


 


 a casa de Santa Catarina...


 as igrejas belissimas... as lojinhas de vinhos maravilhosos vendidos a preços inimaginàaveis (compramos um Barolo por 15 euros) e a doce oportunidade de secar a garrafa sentada num meio-fio qualquer, enquanto a banda passa...


Siena è uma catapulta, que nos lança pelo tempo, sem destino...

Lamentei apenas ter que pagar ingresso para conhecer por dentro a principal igreja da cidade... justamente nas terras de Santa Catarina, que entrou para a història como a freira que se recusou a viver num convento por crer que nào precisamos estar dentro de uma igreja ou convento para estarmos perto de Deus.

Nào paguei e sò conheci a igreja por fora. Deus là nos cobraria ingresso antes de uma visita?


De volta a Roma, fechei a viagem com um chocolate  quente em Trastevere, jà sonhando com as pròximas fèrias... acho que vou ter que pagar excesso de bagagem no aeroporto, porque estou levando a Italia inteira dentro do coraçào!



video

domingo, 29 de abril de 2012

Sob o sol da Toscana

Se tiver oportunidade, nào deixe de alugar um carro e viajar pelas estradas da Toscana, onde o sol è amarelissimo e o verde chega a doer na vista. O contraste das cores, somado aos castelos là no alto das colinas, e aos vinhedos espalhados por toda parte lhe darào a certeza de estar em um dos lugares mais lindos do mundo.

Um bom roteiro è sair de Florença em direçào a Siena, passando por San Gimignano para ficar por algumas horas e subir e descer ladeiras muuuuuito ingremes da cidadezinha medieval. Depois de passar uns dois ou très dias em Siena, que vai ganhar um post sò para ela, tome o caminho para Roma pelas estradas secundàrias e pare para um cafè e uma volta em Montalcino e Montepulciano, tambèm pequeninas e medievais.

Tenha sempre muitas moedinhas para pagar os estacionamentos, que ficam fora dos centros històricos e muitos degraus abaixo... estas cidades foram construidas no alto dos morros, onde carros de turistas nào podem entrar.

Cuidado redobrado para nào errar o caminho, porque nunca hà alguèm por perto para dar informaçòes. As placas sào confusas para os turistas...

Para que lado fica Siena????

E Roma? Direita ou esquerda?


 Mas o melhor de tudo è a paisagem, por isso pegue a estrada bem cedo para poder curtir o visual. E esqueça a màquina fotogràfica, que nào consegue pegar nem 5% de tanto esplendor...





Em San Gimignano, haja disposiçào para as ladeiras...


Montalcino è cheia de colunas, telhadinhos e torrres à vista...


Os turistas fizeram silèncio na praça principal de Moltepulciano em respeito ao cortejo funebre, que saia da igreja:


E entào, pè na estrada de novo!











O que rola nas vitrines da Europa...

Nào sei vocè, mas eu adoro parar para olhar vitrines...