segunda-feira, 30 de abril de 2012

Arrivederci, Itàlia!!!



Siena foi a ultima parada da viagem antes da volta a Roma. A cidade foi tambèm uma grata surpresa, porque depois de Veneza e Florença eu nào esperava tanto encantamento...

Romàntica, cheia de mistèrios e sombras medievais, lojas bacanas e um astral altissimo, Siena se revelou um passeio inesquecivel: a Piazza del Palio, no centro, imensa meia-lua rodeada de prèdios...

video


 


 a casa de Santa Catarina...


 as igrejas belissimas... as lojinhas de vinhos maravilhosos vendidos a preços inimaginàaveis (compramos um Barolo por 15 euros) e a doce oportunidade de secar a garrafa sentada num meio-fio qualquer, enquanto a banda passa...


Siena è uma catapulta, que nos lança pelo tempo, sem destino...

Lamentei apenas ter que pagar ingresso para conhecer por dentro a principal igreja da cidade... justamente nas terras de Santa Catarina, que entrou para a història como a freira que se recusou a viver num convento por crer que nào precisamos estar dentro de uma igreja ou convento para estarmos perto de Deus.

Nào paguei e sò conheci a igreja por fora. Deus là nos cobraria ingresso antes de uma visita?


De volta a Roma, fechei a viagem com um chocolate  quente em Trastevere, jà sonhando com as pròximas fèrias... acho que vou ter que pagar excesso de bagagem no aeroporto, porque estou levando a Italia inteira dentro do coraçào!



video

9 comentários:

  1. Adorei o video da “Piazza del Campo”, onde acontece o Palio di Siena... que consiste numa corrida de cavalos, cujo prêmio é um estandarte (pálio).Esta bela cidade italiana, romântica, é bem ao gosto da queriDannemann, não é mesmo?

    Grazie à minha blogueira predileta pela ótima viagem virtual proporcionada... apaixonado que sou pelas "coisas" e "causos" europeus. Tenha um excelente regresso_buon viaggio, benvenuta e buona fortuna_, depois de tantas belezas e banhos de cultura (que nunca é demais, só é "bão" demais da conta!!!).

    Abraço apertado e beijo estalado!
    EstiMarcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, EstiMarcos, você tem razão: o nome da Praça é Piazza del Campo. Ô mineiro viajado que sabe tudo!!!!!!! Beijos!

      Excluir
  2. Oi, Fernanda.

    Maravilha! O seu faro fotográfico despertou com
    grande força no velho continente. Eu desconhecia
    o seu talento na fotografia e lhe parabenizo por
    mais essa qualidade positiva. Quando você voltar
    quero tentar uma fórmula de postar no meu blog
    algumas dessas fotos suas. Que acha? Ótimo trabalho você está fazendo. Nota mil.

    ResponderExcluir
  3. É verdade Fernanda,pagar ingresso para entrar numa igreja,realmente é um absurdo.
    Estou aguardando a sua volta,felicidades!

    Monica.

    ResponderExcluir
  4. Agradeço o gentilíssimo e carinhoso elogio da elogiável e querida blogueira. Porém... não sou tão viajado assim_esta cidade, p.ex., eu não conhecia_ e nem tão sabedor assado.

    É tanta coisa que desconheço que, sinceramente, a minha ignorância ganha "de lavada" dos meus parcos conhecimentos. Só estou comentando porque andava doido (comme d'habitude rsrs) de vontade de utilizar esta frase genial do igualmente Guimarães Rosa, posto que sinto-me , às vezes, filosoficamente, meio Riobaldo.

    "O senhor saiba: eu toda a minha vida pensei por mim, forro, sou nascido diferente. Eu sou é eu mesmo. Diverjo de todo o mundo...

    Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa.

    O senhor concedendo, eu digo: para pensar longe, sou cão mestre - o senhor solte em minha frente uma idéia ligeira, e eu rastreio essa por fundo de todos os matos. Amén!"

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma coisa: minha informação não está incorreta, porque a Piazza del Campo, na realidadem é mais conhecida como Piazza del Palio, justamente por causa das corridas. beijão!

      Excluir
  5. A tradução do seu espírito se deu a conhecer muito mais profundamente para mim, através da sequência de suas postagens em sua viagem. Muito bom fazer parte do grupo de pessoas que a seguem.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, Alfredo, por ter gostado. Sabe, "pegar a estrada" é uma das melhores coisas da vida para mim. Meu pai, que também era assim, me apelidou "Chica Viajeira" quando eu ainda era bem pequenininha... é como sempre digo: as pessoas são o que são desde que nascem. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Grande verdade: As pessoas são como são desde que nascem e a essência não muda.

    ResponderExcluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!