sexta-feira, 25 de abril de 2014

Dia de sol no Central Park

Tudo começa com uma boa (e poliglota) recepção
 

Você pode ir de charrete, como nos tempos de Scarlett O'Hara...


Ou a pé mesmo, como faz a maioria...


E como disse John Lennon, que morava bem ali em frente, "imagine" um lugar...


Que mais parece um cartão-postal...


Mas você faz parte dele...
 
Um lugar que chega a ser quase mágico, de tão bonito...
 
 
E que parece saído dos livros de história que a gente leu na juventude, e que falavam de reis e rainhas, de lagos e castelos...


Um lugar onde a gente tira a roupa pra curtir o sol e o calor, mas não é a praia!


E se a gente quiser, pode correr para o lago e dar uma volta de barco... (eu é que não quero remar!)


Quem preferir pode bancar o Tarzan, olha! Porque não é proibido subir nas árvores!

 
Mas sempre há quem prefira escalar as montanhas locais...


Ou simplesmente sentar-se em um banquinho de frente para o lago e apreciar a paisagem...


Ou até brincar embaixo da ponte!


E o que dizer daqueles que ali aprendem os segredos dos primeiros passos?


Enquanto os mais experientes curtem seus brinquedos esquisitos ali ao lado?


Fotógrafo é o que não falta no Central Park...


E nem gente que gosta de fazer pose...


Ou de tirar uma onda de que está em outro lugar...

 
Com tanta grama verde e sem cocô de cachorro, fazer um piquenique é de lei!


Assim como curtir uma preguicite aguda...


Ou os amigos mais queridos...

E que tal botar a fofoca em dia sob o sol?


Ali também não faltam os conectados...


Nem os que trabalham para faturar um trocado...


Ih! É hora de postar uma foto no Face!


Afinal, este é o lugar ideal para usar o que lhe der na cabeça...


E para tirar um cochilo, porque o clima tá ótimo!


Há também os que dão um verdadeiro show...


E quem não consegue deixar de pensar "nele"...


Os casais cheios de estilo...


Os que estão doidos pra pegar um bronze...


Pra curtir o sol delicioso da primavera...


E pra sonhar que são craques do Brasil...

8 comentários:

  1. Inspirado post de belas imagens.O Central Park é a minha referência novaiorquina. Tenho especial predileção pela primavera e cerejeiras encantam-me, daí preferir as fotos onde elas pontificam.Hanami é o nome japonês para "assistir as flores das cerejeiras aflorarem". Um verdadeiro espetáculo que transmite a paz e a energia renovadora da primavera.

    A flor da cerejeira, Sakura em japonês, é a flor símbolo do Japão. A simbologia é tão intensa que o povo cultua e respeita como a própria bandeira japonesa ou o hino nacional.

    A LENDA
    Diz a lenda que SAKURA vem da princesa KONOHANA SAKUYA HIME que teria caído do céu nas proximidades do Monte Fuji e teria se transformado nesta bela flor. Em Nova York, as cerejeiras chegaram como um presente simbolizando a amizade japonesa antes das guerras mundiais, trazendo glamour ao jardim/coração da city.
    Santé e axé!
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
  2. Fernanda,

    Esta e a famosa NYC, que mais posso acrescentar .........
    Adorei as fotos com seus comentarios.
    E continue se divertindo....o tempo esta ajudando.

    Felicidades,

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
  3. Deve ser mais ou menos assim tipo a praça Serzedelo Correia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A unica diferenca eh que a de lah nao tem o cheiro de bosta de cachorro.

      Excluir
  4. Fomos passear la, hoje, aproveitando que o dia estava bonito (estava...). E as nossas "meninas" foram conosco para curtir e "socializar" um pouco.

    ResponderExcluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!