domingo, 20 de abril de 2014

Um tour pela mansão da sra. Frank

Hoje conheci a casa de uma nova-iorquina milionária. A construção é um prédio de sete andares que data do fim do século 19 e é avaliada em US $ 20 milhões. Entre os vizinhos, Madonna, Yoko Ono e personagens de filmes de Woody Allen. Lá dentro, vi de pertinho obras de Toulouse Lautrec, esculturas chinesas, tapeçarias indianas, quadros impressionistas, móveis Luis XV, tapetes persas, espelhos antigos e tantas outras obras de arte que nunca imaginei ter a oportunidade de ver em uma casa de família.

O mundo dos verdadeiros milionários é muito distante e diferente do nosso... nós, a maioria. Quem é você conhece que tem uma coleção de obras de Toulouse Lautrec espalhados pela casa?

Assim como conhecer uma nova cultura, conhecer a mansão da sra. Frank foi uma "experiência", porque a essência é a mesma. Posso dizer que estive em um mundo diferente, do qual não pertenço e jamais pertenceria mesmo que me casasse com o príncipe da Inglaterra, pois há coisas que o dinheiro não compra, e "ser" milionário é uma delas.

Assim como os bruxinhos de Harry Porter, que nascem bruxinhos e têm preparo e educação diferenciados, os milionários seguem a mesma cartilha. Ainda que eu ganhe um bilhão de dólares, jamais serei milionária como a sra. Frank. É tudo uma questão de berço e naturalidade.

 
 
 















E na parede da cozinha, olha só qual é a imagem que a sra. Frank tem...

15 comentários:

  1. Se um dia for possivel morar numa casa assim, certamente faria a minha cama na adega!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu quero a minha cama no quarto principal!!! Kkkkkkkkk

      Excluir
  2. Fernanda,

    Gostei da mansao da senhora Frank. A mansao parece ate uma "open house", tudo arumado e muito bem decorado. Fiquei curiosa: a sra. Frank tem sobrenome?

    Felicidades,

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
  3. Realmente esta mansão é um deslumbre(ou é outra?!).Em estilo gótico francês foi construída em 1916 como um presente do magnata Frank Winfield Woolworth para sua filha, Helena. Frank também construiu mais duas mansões para suas outras filhas Edna e Jessie, que estão situadas na mesma rua. Tente ver as outras duas então, se puder. Concordo absolutamente e, mais realista, impossível: "Ainda que eu ganhe um bilhão de dólares, jamais serei milionária como a sra. Frank. É tudo uma questão de berço e naturalidade".Ah!,,,J'adore Toulouse Lautrec.
    Santé e axé!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Masss convenhamos que é inacreditável a coincidência dos nomes... afinal trata-se da mansão do magnata Frank Winfield Woolworth..daí para mansão da senhora Frank ser beeeem menos que um pulo, né? Deve ser a sincronia junguiana rs.Divirta-se muiiiiiiiiiiiiiiito, pois como disse um cronista: N.Y. é, também, um enorme playground.
      Santé e axé!
      Marcos Lúcio

      Excluir
  4. Fernanda,

    Sendo assim, qual e o nome da Sra. Frank?

    Gilda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilda, minha flor... Não posso dizer, infelizmente. Preciso ser discreta nesta situação, sei que vc entende. Beijos

      Excluir
  5. Fernanda,

    Com certeza eu entendo ..... mas convenhamos, o nosso estimadissimo Presidente da C.P.F.A.S.S. Marcos Lucio, deu o nome inteiro do magnata Frank (que por sinal e nome) e o sobrenome de Winfield Woolworth. E como voce sitou valor da mansao eu pensei que esta coisa maravilhosa estivesse para venda, tanto e que eu comentei da "open house".Beijos e continue se divertindo.

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilda, o nosso querido Marcos Lúcio estava equivocado. Esta mansão não é a do sr. Frank Winfield Woolworth. Ela pertence a outra família, e não está à venda. Tive o privilégio de ser convidada para uma visita, mas a casa é de uma família cujo nome prefiro preservar. Bjo!

      Excluir
  6. Fernanda,

    E que previlegio .... me fez lembrar de uma conversa que eu escutei a muito tempo atras,
    Um senhor pergunta para um jovem rapaz: O que voce prefere ser: muito rico ou ter prestigio?
    O rapaz rapidamente responde: claro ser muito rico.
    O senhor olhou para o rapaz e disse: Eu prefiro prestigio, pois ele abre todas as portas.
    E o rapaz responde: o dinheiro tambem.
    O senhor responde: nem sempre.
    E ja que voce esta em NYC, existem coisas que sao priceless, bjus.

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. há quem acredite que o dinheiro eh que importa, mas a verdade eh que os amigos eh que abrem as melhores portas pra gente...

      Excluir
  7. Já estive em NY, mas nunca visitei a casa. Adorei Fernanda. Uma beleza! bjs

    ResponderExcluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!