quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Macho man e as mulheres que são todas iguais

Pátio do Detran, 9 da manhã de sábado. Aguardo minha vez na fila e, pra matar o tempo e uma certa ansiedade, trato de repassar tudo: seta, lanterna, farol baixo, farol alto, freio e tudo o mais. Não quero repetir o vexame do ano passado, quando o fiscal me pediu pra pisar no freio e eu só me lembro do vrrrrruuuuuummmmmm que o carro fez quando troquei as bolas e pisei no acelerador. O pior nesses momentos de barbeiragem, é que sempre tem um macho man por perto, pronto pra dar risada da gente...

Já em casa, uma fera com o meu marido (que me mandou lá pra fazer a vistoria e, consequentemente, era o responsável pela vergonha que passei) fiquei sabendo que, ao menos quando o assunto é carro, "as mulheres são todas iguais". Falou meu macho man domesticado:
-- O fiscal tá acostumado, meu amor... todas se atrapalham com tanto pedal, botão e luzinha...
Este ano levei o sabichão a tiracolo pra assumir a função caso eu ficasse muito nervosa ou atrapalhada na hora. E foi bem quando esperávamos na fila, e eu repassava mentalmente (pela milésima vez) as funções de cada coisa, que ouvimos aquele som familiar:
vvvvvrrrrruuuummmmm!!!!!!!!!!!
-- No freeeeeio... é pra pisar no freio!!!
Ali adiante, o fiscal repetia o pedido com uma paciência nascida a ferro, até que a motorista da vez acertou com o painel do 4X4.
O rapaz do carro na fila ao lado olhou o meu marido e soltou seu veneno:
-- Imagina a dificuldade na hora de botar esta banheira numa vaga...

Os dois se divertiam às custas da coitada. E eu, já me vendo no lugar dela, fui solidária e fiquei quieta, pensando que, quando o assunto é carro, todos os homens também são iguais: uns debochados machistas!

(Aliás, toda vez que tenho dificuldade pra tirar ou botar o carro numa vaga, e o motorista que está atrás é homem e começa a me pressionar com a buzina, saio do carro, faço cara de Penélope Charmosa e entrego as chaves a ele, dizendo: "Estaciona pra mim? Sou uma tremenda barbeira...". A tática sempre funciona: todos os bobões trocam a expressão de deboche pela de Dom Juan imediatamente e vão lá fazer o serviço pesado pra mim... e ainda dizem que não, eu não sou barbeira, a vaga é que é chatinha mesmo). 
Mas, voltando ao Detran e à pobre que penava na vistoria... o fiscal continuava:
-- Farol alto!
Vimos quando ela apertou tudo o que tinha no painel e soltou a frase do desespero:
-- Cadê a porra do farol alto?
O fiscal não dava trégua:
-- Seta! Seeeeeta, minha senhora... e não o limpador de para-brisa!
Foi quando vimos, na fila da direita, outra moça que passava pela mesmíssima situação. Tentava de tudo no painel enquanto o fiscal repetia:
-- Pisca-alerta!!!
E logo depois emendava:
-- Pisca-pisca não! Pisca aleeeeerta...
Minhas mãos suavam, e diante disso me dei conta de que já tinha misturado tudo na cabeça e nem sabia mais a diferença entre lanterna e farol baixo. Foi justamente aí que chegou a minha vez. Tremi nas bases, admito: era chegada a hora do meu vexame no Detran.
-- Ai meu Deus do céu...
Mas como é do meu feitio, tentei manter a fleuma e não recorri ao co-piloto: pensei que se ali, naquela situação, todas as mulheres são atrapalhadas, todos os homens, por sua vez, são uns sádicos idiotas! Este raciocínio mudou tudo, e se você quer saber... já nem morri de vergonha quando o fiscal pediu pra pisar no freio e o carro fez vvvrrrruuuuummmm!!!!!!

 

4 comentários:

  1. Enigmático paradoxo: a despeito dessa dificuldade relacional com o carro, voc~es mulheres, provocam muito menos acidentes de trânsito, que nós, machos audazes e sapientes, ao volante.
    Ligue não. Na proxima vistoria, você acertará o freio.

    Abraço,

    ANTONIO CARLOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonio Carlos, eu não ligo mais!!! E realmente sou uma ótima motorista: sabe que até hoje eu só fui multada uma vez?!

      Excluir
  2. Fernanda,

    Nos mulheres iremos ser sempre vitimas dessa tirania machista. Na realidade os homens que fazem este teste adooooram, nos ver nervosas, e cometendo erros como este: pisa no freio e a gente acelera .... fazer o que ......liga nao.

    Felicidades,

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Gilda, eles adoram!!! Mas eu não tô nem aí!

      Excluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!