quinta-feira, 30 de maio de 2013

Linha do horizonte

É tudo susto: a casa, os dias;

(Ave longínqua, a sombra das mãos tuas)

E a vida à frente,

Escada abaixo,

Como tropeço cego,

Eu e o ar.

É tudo novo, velho só o medo.

Este pavor de ver a vida,

Então escrevo...

Todo ferida o verso que me cai dos dedos!

E o pássaro que sou revoa, cabisbaixo,

Tateia com os pés, desesperado por degraus:

Não quer voar.

(Fernanda Dannemann)

17 comentários:

  1. Fernanda,

    Nada de passaro triste. Os passaros sao alegres e cantam .... enfim so encantam ..... e voam livres entre as arvores e no imenso ceu de anil ....

    Felicidades,

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilda querida, eu estava triste mesmo neste dia...

      Excluir
  2. "E o pássaro que sou revoa, cabisbaixo,

    Tateia com os pés, desesperado por degraus:

    Não quer voar."

    Aterrar também é importante Fernanda!

    Gostei demais dessa poesia. Além de talentosa vc tb é corajosa.

    Excelente!

    Parabéns, bjs

    Andrea



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea, eu sabia que você ia gostar desta...

      Excluir
  3. Fernanda,

    Eu senti a sua tristeza, e foi por este motivo que eu escrevi, para voce nao escrever coisas tristes .... as palavras tem muita forca ....

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilda, faz tempo que não escrevo poesias por causa disso mesmo... e porque a tristeza, mesmo quando a gente sente, cansa muito.

      Excluir
  4. Uma amiga portuguesa certa vez disse que alguns textos seus têm um "nãoseiquê" lispectoriano. Justamente ao terminar de ler mais este belo cometimento, e por causa do pássaro que recusa/(re)nega o voo... lembrei-me, "pornãoseidasquantas", e pelo diametralmente oposto, da genial Clarice Lispector:
    " Uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida".
    Portanto, apesar de , se deve voar ...ainda que seja um pássaro perversamente engaiolado.Nascemos, ou não?! para as coisas do alto???
    Santé e axé!
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, ai, Clarice... palavras de ouro para começar meu dia, ML!

      Excluir
    2. Desejando, sinceramente, infinitos dias dourados ou diamantinos, creio muito - na minha desimportante conceituação-, que também têm força transformadora as palavras cantadas e não somente as lidas.Adooooooooooro este samba (ouço música de excelência todos os dias) , de onde retirei estes versos:

      Samba da Bênção
      Vinicius de Moraes


      É melhor ser alegre que ser triste
      Alegria é a melhor coisa que existe
      É assim como a luz no coração
      (...)
      Porque o samba é a tristeza que balança
      E a tristeza tem sempre uma esperança
      De um dia não ser mais triste não.
      (...).
      Santé e axé.
      M.L.

      Excluir
  5. O que é que eu faço em meio a tanta sensibilidade?...A Gilda sentiu na hora a tristeza da Fernanda,o Marcos Lúcio manda essa maravilha do Vinicius de Moraes.E eu?...Quer saber? Também sentí que o poema tem uma certa dose de tristeza. Bj pra todo mundo.

    Monica.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pede mais um chopp pra gente, Monica!

      Excluir
    2. Vamos nessa!!!

      Monica.

      Excluir
  6. Cansa e nunca fica pronta. É apenas interrompida.

    ResponderExcluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!