quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Pra começo de tudo...


Tempo

(Carlos Drummond de Andrade)

"Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um individuo genial.

Industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar
e entregar os pontos.

Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui para diante tudo vai ser diferente.

Para você, desejo o sonho realizado,
o amor esperado,
a esperança renovada.

Para você, desejo todas as cores desta vida,
todas as alegrias que puder sorrir,
todas as músicas que puder emocionar.

Para você, neste novo ano,
desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
que sua família seja mais unida,
que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas...
Mas nada seria suficiente...

Então desejo apenas que você tenha muitos desejos,
desejos grandes.

E que eles possam mover você a cada minuto

ao rumo da sua felicidade".

12 comentários:

  1. Lindo Fernanda, adorei....idem e que Papai do céu continue lhe dando muitas inspirações para continuar postando maravilhas em seu blog. Carinhosamente, Blanche.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fofa! Quero sempre te ver por aqui...

      Excluir
  2. Pois é, estimadíssima blogueira...está chegando mais um Ano Novo com o auxílio luxuoso do Drummond. Hoje é o primeiro dia útil dele e mais uma folhinha se rasga nesta estação.E chega o novo com a mesma esperança. Sabedor de que adooooooora viagens...sugiro o seguinte: Se você não puder ser a maquinista , seja a mais divertida passageira . Procure um lugar próximo a janela, desfrute cada paisagem que o tempo lhe oferecer, com o prazer de quem realiza a sua primeira viagem. Não se assuste com os abismos, curvas que não lhe deixam ver o caminho que estão por vir. Procure curtir a viagem da vida observando cada arbusto, cada riacho, beiras de estrada e tons mutantes de paisagens, além do canto maravilhoso dos pássaros. Desdobre o mapa e planeje roteiros. Preste atenção em cada ponto de parada, e fique atenta ao apito da partida. E quando decidir descer na estação onde a esperança lhe acenou não hesite, desembarque nela os seus sonhos (de preferência os possíveis).Desejo que a sua viagem pelos dias desse ano novo sejam de PRIMEIRA CLASSE e cheios de saúde,sorte, paz...e DEUS NO seu íntimo, pois ter Deus em si, é ter entusiasmo, né?

    Olha que interessante, a seguir, e certamente são atitudes para a vida inteira ou enquanto houver vida sensível e inteligente no planeta, pois só assim pode dar certo, suponho convictamente.
    Para a astróloga Cellys Medeiros - especializada em Astrologia Karmica, da Alma Empresarial, Numerologia Cabalística, Pitago e Notas Musicais - Júpiter , o planeta regente de 2014, emana uma energia de forte expansão benéfica, mas também pode ser uma fonte de poder para o mal.

    "Por isso, devemos alinhar nosso pensamentos, sentimentos e atitudes no caminho do bem e da positividade, sermos otimistas, agirmos com generosidade e gentileza, e termos responsabilidade em tudo, principalmente em reconhecer os erros e desapegar deles. Assim, vamos despertar nossa sabedoria e nossos conhecimentos para aproveitar este ano que promete ser muito benéfico e de grandes oportunidades. Não vão faltar oportunidades para o ser humano desenvolver novas conquistas. Lembro que é muito importante manter o controle e não ser impulsivo, pois as consequências (quase) sempre são desagradáveis ou inadequadas, quando não de péssimos resultados . Ao contrário, é preciso ser calmo, positivo, pensar no bem que carregamos dentro do nós e no bem que existe em cada ser humano. Fazer só o bem. Assim vamos dar inicio a um mundo melhor."", avalia ela -sensata ou lucidamente, diria eu, com todas as minhas ignorâncias.
    Tomara que alguns leitores gostem e pratiquem também e desejo que tenham, igualmente, um ano da melhor qualidade.
    Santé e axé!
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já chegou arrepiando no primeiro pitaco de 2014! Adorrrrei o roteiro de viagem que você traçou pra mim... poético até não poder mais, e refaço aqui, publicamente, a pergunta de sempre: quando é que você vai escrever um livro, homem de Deus? (Porque blog não precisa mais, ne????)

      Excluir
    2. "Merci beaucoup!"...fico lisonjeadíssimo pois ser elogiado por elogiáveis é o que conta, afinal, a qualidade do elogio também está no elogiador, "bien sûr"! Infelizmente não tenho talento suficiente para escrever um livro e nem há leitores disponíveis rs para ilustres desconhecidos.Você é que é generosa ou gentil -das melhores virtudes que conheço- demais. Na verdade este roteiro de viagem existencial não é de minha autoria e desconheço o(o) autor(a). Lembrei-me de partes dele e fiz adaptações parafrásticas. O importante é que o resultado foi positivo, então.Tomara que em 2014 mais brasileiros ( um dos povos que menos lê neste mundico rs) descubram o mundo novo e transformador das letras e palavras benditas.
      Santé e axé!
      M.L.

      Excluir
  3. Fernanda,

    Nada como Carlos Drummond de Andrade e do comentario sabio e oportuno do nosso estimadissimo Presidente da C.P.F.A.S.S., Marcos Lucio, para comecar mais um ano ..... e Feliz 2014 para todos !!!!!!

    Felicidades e aquele abraco.

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilda, minha flor de laranjeira... mil beijos e continuo à espera daquele feliz encontro marcado... será em 2014???

      Excluir
    2. Ter a blogueira talentosa e a mui (sou antigo rs) estimada Gilda como curtidoras das minhas escrevinhices - além de vice-presidenta uma e diretora, a outra... do C.P.F.A.S.S.-, é motivo mais do que suficiente para continuar (enquanto elas aguentarem rs) pitacando em 2014, ou enquanto Deus permitir. Contem comigo para o feliz encontro marcado, com as bênçãos Dele, de preferência já no primeiro semestre (tempo de sobra pra planejamento), né?Abração forte procês +santé e axé!!!
      M.L.

      Excluir
  4. Para o Ano Novo e sempre, considero oportuníssimas as palavras, a seguir.


    Sê *** Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina, Sê um arbusto no vale mas sê O melhor arbusto à margem do regato. Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore. Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva E dá alegria a algum caminho. Se não puderes ser uma estrada, Sê apenas uma senda, Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela. Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso... Mas sê o melhor no que quer que sejas." Pablo Neruda

    Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
    Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
    Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
    Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
    Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
    Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
    Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
    Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um feito muito maior que o simples fato de respirar. Somente a ardente paciência fará com que conquistemos uma esplêndida felicidade.
    (Marta Medeiros)

    Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo...isto é carência.
    Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar...isto é saudade.
    Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe às vezes, para realinhar os pensamentos...isto é equilíbrio.
    Tampouco é a pausa involuntária que o destino nos impõe compulsoriamente, para que revejamos a nossa vida...isto é um princípio da natureza.
    Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...isto é circunstância.
    Solidão é muito mais que isto...
    Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão, pela nossa Alma!

    (Fátima Irene Pinto - Página 79 do Livro Palavras Para Entorpecer o Coração)

    ResponderExcluir
  5. Liiiiiiindo!!!! Adorrrrrrrrei... (Quem escreve ê a Fátima? Ou Fátima ê a autora do livro?)

    ResponderExcluir
  6. Fernanda,

    Tambem adorei o comentario da Fatima ..... principalmente quando ela cita: "Somente a ardente paciencia fara que com que conquistemos uma esplendida felicidade" de Marta Medeiros.

    Felicidades,

    Gilda Bose

    ResponderExcluir
  7. Formada em letras, Fátima Irene é uma das poetisas mais lidas na internet. Seus textos de rara qualidade são amplamente apreciados, e têm a capacidade de falar direto ao coração. Ecos da Alma é mais um desses presentes que a autora nos dá a cada obra concluída.



    Sobre a autora: Fátima Irene é poeta e tem seus prazeres forjados na música e nas letras. Formada em letras, é uma das poetas mais lidas na internet. É autora dos livros Momentos Catárticos, Palavras para Entorpecer o Coração (Soler Editora, 2004) e Relicário - Fragmentos de amor e paixão (Soler Editora, 2004).


    ResponderExcluir

Dicas para facilitar:
- Escreva seu nome e seu comentário;
- Selecione seu perfil:----> "anônimo";
- Clique em "Postar comentário";
Obrigada!!!!!